Thursday, June 7, 2012

Enquanto Ilumino a Noite

Quando eu era uma menina, eu tinha a graça de absorver o céu com os olhos.
Olhava e olhava sem me cansar. Decorava o céu e encontrava minhas estrelas favoritas.
Vez em quando aprendia o nome de uma constelação. Mas o que eu gostava mesmo era de imaginar histórias, dar nome às minhas próprias constelações, namorar a lua, ler poemas de lua, escrever com seus raios prateados a minha história de amor com a vida.
Eu queria ser a lua e ser noturna. Passava as noites em claro ouvindo Lua Branca de Chiquinha Gonzaga e me punha por trás dos cadernos querendo dormir.
Eu era a lua, eu era a lua...
Um dia, de tanto acreditar, surpreendi a lua lá no dia... e eu aqui iluminando a noite...

Vanessa Aquino.



No comments: