Thursday, June 28, 2007

Sobre Veneza



Há uma festa em Providence, cidade do estado de Rhode Island, nos Estados Unidos que muito me encanta. Eu nunca havia visto uma cidade inteira se vestir com uma fantasia tão doce e concentrada como esta.


Deixando seu carro para trás num morro que mais lembra Ouro Preto, uma música envolve seu espírito na fantasia da cidade de se tornar Veneza. Mais alguns passos e você já está lá, em algum século passado, caminhando ao lado do rio iluminado pelas tochas e velas que mais romantizam as gôndolas que vão e vêm com seus enamorados e fantasmas distribuindo cravos aos passantes.


O sentimento é de que os amantes de Verona fugiram de seus algozes e foram ali passear na "nova Veneza" e Romeu e Julieta poderiam ser você e o seu amor, poderiam ser eu e uma animada companhia, poderiam ser todos os rostos que vi passar.


A festa é linda e nos transporta através do tempo, mas o que mais me espantou foi descobrir a quanto tempo eu não via gente. Eu fui tomada de um susto tal que eu não pude me conter em encarar as pessoas e observar suas feições e expressões como se eu nunca tivesse imaginado que existisse vida além da porta de vidro da minha sacada.


Desperta, vesti-me de um sorriso genuíno e dancei entre a gente desconhecida como se eu não fosse só. Colombina que sou, me esqueci do Pierrot e também do Arlequim... afinal, no fundo, no fundo, são apenas fantasias que acabaram, como a festa de Providence que se despiu com a chegada do sol.

Ah! Que pena este sol... minha gôndola é agora um carro, eu já nem sou Colombina e Veneza está longe daqui.


Vanessa Aquino.

No comments: