Friday, June 8, 2007

Sobre a Solidão

Em tempos de grandes avanços tecnológicos que nos conectam com todos os outros homens, meus irmãos, através de toda sorte de aparelhos, eu vejo que somente a solidão me acompanha. De nada adianta conectar-se com o outro quando, há tempos, não nos conectamos mais a nós mesmos.
A conexão com as nossas idéias, nossas neuras, nossos desejos mais tímidos, nossos temores, nossos segredos, nosso tempo é o que falta para sermos finalmente conectados, não ao que os outros são, mas ao que verdadeiramente somos. Não nos amedronte o medo de sermos nós, de sermos sós e sermos essa louca mistura que dá graça à vida. E se não anseias retirar as amarras-fibra-óptica, as cadeias fone, os grilhões eletrônicos, as algemas virtuais que a ti negam a real beleza que anda lá fora, nas ruas, nos abraços e no sorriso é que amputado fostes das suas melhores possibilidades de prazer. E é assim que eu me descubro conectada a milhares de desconectados da vida e é por isso que somente a solidão me acompanha.

Vanessa Emmanuelle.
09 de fevereiro, 2007

1 comment:

kikoroka said...

Minha lindíssima! De quem é esse texto? Que lindo! Que verdade! Me tocou muito!
bjs saudades!!!! Te Amo
Kikoroca.